Palestras técnicas apresentam temas importantes para cultura do arroz na 29° Abertura da Colheita

O segundo dia da 29° Abertura da Colheita do Arroz continua com sua programação intensa de palestras com o objetivo de promover a troca de experiências e conhecimentos. O tema do evento nesta edição é Matriz produtiva: Atividade diversificada e renda ampliada.

Os temas escolhidos, especialmente, pela pesquisa agropecuária apresentam ao público um panorama sobre o cultivo de arroz irrigado no Rio Grande do Sul, mostram as novidades no uso de geotecnologias no manejo de solo e as possibilidades de diversificação na integração lavoura pecuária. Serão apresentadas nesta quinta-feira (21/02), no estande institucional da Embrapa Clima Temperado, uma abordagem sobre o sistema de alerta de pragas da soja, às 13h30. Também será realizada a palestra sobre Fixação Biológica de Nitrogênio (FBN)) em arroz irrigado e soja de terras baixas, às 15h30. 
 
Manhã de Perspectivas para Cultura do Arroz

Foi realizado durante a manhã do evento, um painel sobre A Cultura do Arroz, o presente e o futuro, com a participação das principais lideranças do setor arrozeiro, onde a Embrapa apresentou uma contribuição sobre a sua atuação em pesquisa voltada à cultura do arroz.

 O chefe-geral Clenio Pillon fez uma explanação de como está planejada a programação de pesquisa da Embrapa, em especial, indicando que a pesquisa está preocupada em entregar materiais genéticos resistentes às doenças da cultura. “Estamos desenvolvendo estudos que atendam as necessidades dos tempos como racionalização de uso da água, de insumos, de novos sistemas de manejo de solo, que atendam aos critérios de qualidade de vida das pessoas”, defendeu Pillon.   

A 29ª Abertura Oficial da Colheita  é uma parceria entre a Federarroz e a Embrapa e acontece até esta sexta-feira (22/02), na Estação Experimental Terras Baixas da Embrapa Clima Temperado, em Capão do Leão (RS).