Espaços para debate se ampliam em feira de tecnologias

Este ano, os painéis da Dinâmica Agropecuária (Dinapec), feira de tecnologias realizada pela Embrapa e Sistema Famasul, falarão sobre futuro, consumo de carne, febre aftosa, mulher e jovem no agro, com a participação de especialistas em cada assunto. A Dinapec começa nesta quarta-feira, dia 20, em Campo Grande (MS), na Embrapa Gado de Corte. Os painéis são gratuitos e direcionados para produtores, técnicos e acadêmicos. 

“A ideia foi trazer à tona discussões ao redor de temas relevantes e atuais, tentando agregar o conhecimento não somente de pesquisadores da Embrapa, como também de especialistas de outras instituições, promovendo um intercâmbio de conhecimento, com foco em uma mesma temática, mas sob pontos de vista diferentes.
[more]
Isso enriquecerá o debate”, analisa uma das coordenadoras da Dinapec, Thaís Basso Amaral. 

A discussão começa às 10h30 com “O que o futuro nos reserva?”, tema do primeiro painel, 20, moderado pelo jornalista Fabiano Reis, com transmissão, ao vivo, do Canal do Boi. Cleber Soares, diretor-Executivo de Inovação e Tecnologia da Embrapa; Francisco Vila, Agrodelta S/A; Alcides Torres, Scot Consultoria e Rodrigo Albuquerque, Blog Notícias do Front são os participantes da mesa redonda. 

No mesmo dia, a partir das 14 horas, o nutricionista da Embrapa Sérgio Raposo media “Conhecendo a carne que você consome”, com a presença de Sérgio Pfanzer Jr. da Unicamp, Eduardo Fornari do Vermelho Grill e Nabih Amin El Aouar da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil. Para Raposo, o painel “busca ampliar a visão além da porteira, incluindo a indústria e o consumidor final. É uma oportunidade para mostrar ao pecuarista que ele não é um produtor de bois, mas de carne”, ressalta o pesquisador. 

Para os integrantes de a mesa reunir os atores da cadeia da carne para um momento de discussão integra um esforço contínuo a ser feito para o melhor entendimento do papel de cada um. 

Já na quinta-feira, pela manhã, “os novos rumos para o controle da febre aftosa” estarão no centro do debate a ser conduzido pela virologista Vanessa Felipe. Segundo ela, “é uma fase histórica do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção e da Febre Aftosa, na qual o próximo passo é o fortalecimento das ações que permitam avançar com a zona livre de febre aftosa sem vacinação, para todo território nacional. Precisamos de esforços conjuntos dos setores público e privado para que termos sucesso”. 

A médica-veterinária enxerga o espaço na Dinapec uma oportunidade para divulgar e multiplicar as informações, além de proporcionar visibilidade ao assunto com a participação de um público variado. Luciano Chiocheta, diretor da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO-MS); Elvio Patatt Cazola, chefe do Serviço de Saúde Animal do MAPA; Luis Alberto Moraes Novaes, vice-presidente do Sistema Famasul; e João Vieira Neto, presidente da Câmara Técnica de Medicina Veterinária do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) estarão ao lado de Felipe na conversa. 

No período vespertino, dia 21, acontece o segundo painel “A mulher no Agro”, mediado por Teresa Vendramini (Teka), Sociedade Rural Brasileira; Leda Garcia de Souza, produtora rural; Mariana Aragão Pereira, pesquisadora Embrapa Gado de Corte; Roseli Azambuja Barbosa, agricultura familiar e Maria Iraclézia, Sociedade Rural de Maringá.

Fechando a maratona, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MS) promove no dia 22, às 14 horas, o 15º Encontro Jovens da Agropecuária, que terá a palestra inaugural com Miriam e Marcelo Cerutti e a “Carreira Profissional: como me preparar?”. A seguir, Marcio Peruchi assume abordando “Como podemos nos comunicar em tempos de revolução digital?” e o engenheiro agrônomo Xico Graziano com “Os jovens do agro frente aos desafios de um Brasil em transformação” encerra o evento. A moderação é do presidente do Movimento Nacional dos Produtores (MNP), Rafael Gratão.

Sobre a Dinapec 2019

A realização da Dinâmica Agropecuária tem o apoio das seguintes instituições: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural – Agraer, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal – Iagro e Fundo de Desenvolvimento o para Milho e a Soja – Fundems), Prefeitura Municipal de Campo Grande (Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia – Sedesc e Educação – Semed), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fundação MS, Fundação Chapadão, Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária e Ambiental (Fundapam), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MS), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Rede ILPF, Geneplus, Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MS), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA-MS), Scot Consultoria Rural, Tramasul, Coimma, Companhia Nacional de Nutrição Animal (Connan), Sistema Brasileiro do Agronegócio (SBA) e DBO Associados. O patrocínio é da Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), com realização da Embrapa e Sistema Famasul. 

A Dinapec é uma vitrine de tecnologias que acontece anualmente na Embrapa em Campo Grande (MS), aberta a técnicos, produtores e acadêmicos dispostos a conhecer as soluções tecnológicas desenvolvidas pela pesquisa agropecuária para os diversos sistemas de produção. O encontro visa compartilhar conhecimento e soluções para o agro nacional.

Este ano, os painéis da Dinâmica Agropecuária (Dinapec), feira de tecnologias realizada pela Embrapa e Sistema Famasul, falarão sobre futuro, consumo de carne, febre aftosa, mulher e jovem no agro, com a participação de especialistas em cada assunto. A Dinapec começa nesta quarta-feira, dia 20, em Campo Grande (MS), na Embrapa Gado de Corte. Os painéis são gratuitos e direcionados para produtores, técnicos e acadêmicos. 

“A ideia foi trazer à tona discussões ao redor de temas relevantes e atuais, tentando agregar o conhecimento não somente de pesquisadores da Embrapa, como também de especialistas de outras instituições, promovendo um intercâmbio de conhecimento, com foco em uma mesma temática, mas sob pontos de vista diferentes. Isso enriquecerá o debate”, analisa uma das coordenadoras da Dinapec, Thaís Basso Amaral. 

A discussão começa às 10h30 com “O que o futuro nos reserva?”, tema do primeiro painel, 20, moderado pelo jornalista Fabiano Reis, com transmissão, ao vivo, do Canal do Boi. Cleber Soares, diretor-Executivo de Inovação e Tecnologia da Embrapa; Francisco Vila, Agrodelta S/A; Alcides Torres, Scot Consultoria e Rodrigo Albuquerque, Blog Notícias do Front são os participantes da mesa redonda. 

No mesmo dia, a partir das 14 horas, o nutricionista da Embrapa Sérgio Raposo media “Conhecendo a carne que você consome”, com a presença de Sérgio Pfanzer Jr. da Unicamp, Eduardo Fornari do Vermelho Grill e Nabih Amin El Aouar da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil. Para Raposo, o painel “busca ampliar a visão além da porteira, incluindo a indústria e o consumidor final. É uma oportunidade para mostrar ao pecuarista que ele não é um produtor de bois, mas de carne”, ressalta o pesquisador. 

Para os integrantes de a mesa reunir os atores da cadeia da carne para um momento de discussão integra um esforço contínuo a ser feito para o melhor entendimento do papel de cada um. 

Já na quinta-feira, pela manhã, “os novos rumos para o controle da febre aftosa” estarão no centro do debate a ser conduzido pela virologista Vanessa Felipe. Segundo ela, “é uma fase histórica do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção e da Febre Aftosa, na qual o próximo passo é o fortalecimento das ações que permitam avançar com a zona livre de febre aftosa sem vacinação, para todo território nacional. Precisamos de esforços conjuntos dos setores público e privado para que termos sucesso”. 

A médica-veterinária enxerga o espaço na Dinapec uma oportunidade para divulgar e multiplicar as informações, além de proporcionar visibilidade ao assunto com a participação de um público variado. Luciano Chiocheta, diretor da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO-MS); Elvio Patatt Cazola, chefe do Serviço de Saúde Animal do MAPA; Luis Alberto Moraes Novaes, vice-presidente do Sistema Famasul; e João Vieira Neto, presidente da Câmara Técnica de Medicina Veterinária do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) estarão ao lado de Felipe na conversa. 

No período vespertino, dia 21, acontece o segundo painel “A mulher no Agro”, mediado por Teresa Vendramini (Teka), Sociedade Rural Brasileira; Leda Garcia de Souza, produtora rural; Mariana Aragão Pereira, pesquisadora Embrapa Gado de Corte; Roseli Azambuja Barbosa, agricultura familiar e Maria Iraclézia, Sociedade Rural de Maringá.

Fechando a maratona, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MS) promove no dia 22, às 14 horas, o 15º Encontro Jovens da Agropecuária, que terá a palestra inaugural com Miriam e Marcelo Cerutti e a “Carreira Profissional: como me preparar?”. A seguir, Marcio Peruchi assume abordando “Como podemos nos comunicar em tempos de revolução digital?” e o engenheiro agrônomo Xico Graziano com “Os jovens do agro frente aos desafios de um Brasil em transformação” encerra o evento. A moderação é do presidente do Movimento Nacional dos Produtores (MNP), Rafael Gratão.

Sobre a Dinapec 2019

A realização da Dinâmica Agropecuária tem o apoio das seguintes instituições: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural – Agraer, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal – Iagro e Fundo de Desenvolvimento o para Milho e a Soja – Fundems), Prefeitura Municipal de Campo Grande (Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia – Sedesc e Educação – Semed), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fundação MS, Fundação Chapadão, Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária e Ambiental (Fundapam), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MS), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Rede ILPF, Geneplus, Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MS), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA-MS), Scot Consultoria Rural, Tramasul, Coimma, Companhia Nacional de Nutrição Animal (Connan), Sistema Brasileiro do Agronegócio (SBA) e DBO Associados. O patrocínio é da Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), com realização da Embrapa e Sistema Famasul. 

A Dinapec é uma vitrine de tecnologias que acontece anualmente na Embrapa em Campo Grande (MS), aberta a técnicos, produtores e acadêmicos dispostos a conhecer as soluções tecnológicas desenvolvidas pela pesquisa agropecuária para os diversos sistemas de produção. O encontro visa compartilhar conhecimento e soluções para o agro nacional.